O Livro dos Espíritos

Allan Kardec

Voltar ao Menu
248. O Espírito vê as coisas tão distintamente como nós?

“Mais distintamente, pois que sua vista penetra onde a vossa não pode penetrar. Nada a obscurece.”

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...