O Evangelho segundo o Espiritismo

Allan Kardec

Voltar ao Menu
2. Ninguém há que, depois de ter acendido uma candeia, a cubra com um vaso, ou a ponha debaixo da cama; põe-na sobre o candeeiro, a fim de que os que entrem vejam a luz; – pois nada há secreto que não haja de ser descoberto, nem nada oculto que não haja de ser conhecido e de aparecer publicamente. (S. LUCAS, 8:16 e 17.)

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...